Ebook: 11 Dicas Que Você Precisa Saber Hoje Para Economizar Dinheiro

Cadastre Seu Email Agora E Recebe O Ebook Grátis!

Educação Financeira

Educação financeira – O passo mais importante para sua saúde financeira

Estamos vivendo momentos difíceis no Brasil, onde o salário não tem o mesmo poder de compra como nos anos anteriores e por esse motivo, é necessário investir na educação financeira, visando manter o padrão de vida em níveis agradáveis ou impedir que a crise alcance.

Infelizmente, muitas pessoas não são adeptas da educação financeira e por causa disso, estão vendo seu patrimônio reduzir a cada mês e se decisões não forem tomadas, em pouco tempo, será necessário vender carro, casa e demais bens para honrar os compromissos com os credores.

Todos nós sabemos que alterar o padrão de vida para níveis menores não é uma tarefa agradável e nem fácil, mas em momentos de crise, todo sacrifício é importante para manter sua família suprida do básico.

Diante disso, a educação financeira, que infelizmente não é ensinada nas escolas e nem motivada pelos pais e governo, vem sendo a melhor opção para passar pelas turbulências da vida sem sacrificar o orçamento pessoal e/ou familiar.

Apesar do Governo entender a importância da Educação Financeira, conforme podemos ver no Decreto n° 7397, ele é o primeiro a desmotivar a população e a prova disso, é que vemos o país afundado em dívidas e em juros intermináveis e o interessante é que quanto mais se paga se deve cada vez mais.

Por isso, cabe a você dedicar seu tempo para aprender sobre educação financeira e assim adquirir informações preciosas que vão lhe ajudar a colocar suas finanças numa rota de sucesso, mesmo nos momentos difíceis.

É através desse conhecimento que você vai aprender a usar seu dinheiro de forma inteligente, criar programações para pagamento de despesas, aprender a investir seu capital e multiplicar seu patrimônio, além de garantir uma aposentadoria tranquila e de qualidade.

Apesar do parágrafo anterior apresentar excelentes benefícios para todos que aderirem a educação financeira, é importante salientar que a educação financeira promove muito mais!

Ela permite que você possa ter uma melhor qualidade de vida no presente momento e no futuro, promovendo segurança material suficiente para desfrutar os prazeres, sem desconsiderar as curvas imposta pela vida.

Está ansioso pelo que vem por aí? Então, compartilhe esse artigo com seus amigos e familiares!

CONHEÇA 10 PASSOS SIMPLES PARA QUE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA FAÇA PARTE DE SUA VIDA E A TRANSFORME-A!

educação financeira

Tenho certeza que existem muitas outras dicas sobre educação financeira, mas tenho consciência que esses 10 passos vão colocar você numa rota de mudança e transformação, não apenas na sua vida financeira, mas também na pessoal e familiar.

Por isso, aplique cada dica abaixo!

  • Os objetivos financeiros é uma das melhores formas de controlar os gastos ou o consumismos desenfreado e sem critério

Ter objetivos financeiros é o primeiro passo para a educação financeira entrar em ação na sua vida. Além disso, permite tomar decisões que venham poupar seu orçamento de sérios problemas.

Imagine você estando num Shopping e ao passar por uma loja você ver um sapato impossível de ser ignorado, entretanto, você não tem dinheiro, no momento, para comprá-lo, qual seria sua atitude?

  • Comprar o sapato no cartão de crédito em 03 vezes sem juros.
  • Não compra o sapato naquele momento, mas ao chegar em casa ver o que é necessário fazer para comprá-lo no mês seguinte.
  • Não compra naquele momento e nem depois, pois tem outros objetivos para cumprir antes de comprar o sapato.

Lendo cada tópico acima, somos tentado a julga qual é a resposta correta e sinceramente todas elas ocorrem nas nossas vidas, porém os resultados de cada uma delas são diferentes. Tomar decisões certas, analisando as devidas implicações no nosso orçamento é importante.

O que chama atenção é que a resposta 03 apresenta uma diferença importante com relação as demais, ou seja, o que impediu a compra do sapato foram os objetivos traçados, que foi considerado mais importantes.

Quando temos um objetivo, seja ele comprar uma casa nos próximo 10 anos, trocar de carro ou fazer uma viagem, começamos a tomar decisões visando a realização deles.

Por isso, ter objetivos claros e com prazos é crucial para você mudar a forma de usar seu dinheiro.

  • Você sabe para onde seu dinheiro está indo? Esse vem sendo o maior pecado capital da educação financeira e que acomete mais da metade dos brasileiros

educação financeira dúvida

O maior pecado capital que você pode praticar com seu orçamento familiar ou pessoal é não saber aonde você está usando seu dinheiro.

Infelizmente, mais da metade dos brasileiros fazem parte desse grupo e por esse motivo, dentre tantos outros, a inadimplência vem crescendo.

A falta de controle financeiro consome todos seus recursos sem que você perceba, promovendo um nível de estresse elevado, impedindo de honrar todos os compromissos mensais, perda de alegria no lar e etc.

Se você deseja saber para onde está indo seu dinheiro, o primeiro passo é controlá-lo, ou seja, criar uma planilha onde será informado todas as despesas do mês com seus respectivos valores.

De posse dessa planilha, você terá informações para julgar se o dinheiro investido num determinado serviço ou produto vai trazer retorno satisfatório. Além disso, vai lhe mostrar quanto está sendo gasto naquele cafezinho na padaria ou no shopping todos os dias.

Apesar de ser uma tarefa simples, poucas pessoas fazem todas as semanas!



  • O dinheiro trabalha para você ou você trabalha para ter dinheiro?

Saber colocar o dinheiro para trabalhar a seu favor não vem sendo realidade na vida da maioria das pessoas. Infelizmente, muitas pessoas trabalham o mês para pagar as contas.

Entretanto, as pessoas mais espertas descobriram que é possível fazer dinheiro trabalhar para elas e assim, a cada mês, a liberdade financeira está mais perto, ou seja, a possibilidade de não trabalhar, mas viver dos rendimentos do dinheiro conquistado.

A melhor forma de fazer seu dinheiro trabalhar a seu favor é fazendo aplicações financeiras, pois os juros compostos fazem verdadeiros milagres e são eles que deixam os bancos cada vez mais ricos todos os anos.

Infelizmente, poucas pessoas sabem como colocar os juros compostos a seu favor e por isso não conseguem multiplicar seu patrimônio a cada ano. Para você entender o poder dos juros composto, abaixo segue um exemplo.

Vamos supor que você aplique R$ 1.000,00 num fundo que tenha rendimento de 10% ao ano, considerando que você não faz mais nenhum aporte.

  • Valor alcançado após 01 anos de aplicação: R$ 1.100,00
  • Valor alcançado após 02 anos de aplicação: R$ 1.210,00
  • Valor alcançado após 05 anos de aplicação: R$ 1.610,00

É possível ver que os juros compostos apresenta uma grande capacidade de multiplicar seu patrimônio, por isso, devemos aprender a utilizar juros compostos ao nosso favor.

  • Tenha cuidados com as dívidas, pois são elas que consomem todo seu orçamento pessoal e/ou familiar sem que você perceba

Segundo o indicador Serasa Experian de inadimplência do consumidor, em 2017 mais de 61 milhões de pessoas no Brasil estão com dívidas em atraso. Um número expressivo e segundo a entidade, poucas pessoas conseguirão honrar seus compromissos.

Outro estudo interessante que foi feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), informou que mais de 52 milhões de brasileiros usam o cartão de crédito como forma de pagamento.

A grande facilidade dos cartões vem sendo o principal motivo das pessoas escolherem essa modalidade de pagamento.

Entretanto, as consequências que incide na sua fatura devido ao atraso no pagamento das parcelas, pode resultar em dívidas maiores e até mesmo, impossíveis de serem pagas, pois a taxa de juros são extremamente elevadas.

Vale salientar que a maioria das pessoas que estão inadimplentes, tem como causa principal, o não pagamento das faturas do cartão de crédito, por isso, retirar os cartões da carteira ou bolsa é a melhor opção para quem deseja regular o orçamento familiar.

É preciso entender que ao usar o cartão de crédito, você compra com dinheiro que não tem e como o mercado financeiro é implacável, a melhor opção é focar num planejamento financeiro para evitar transtornos no futuro.

  • Procure viver um degrau abaixo das suas possibilidades

Todos nós procuramos viver um vida confortável e agradável dentro das nossas possibilidades. Ter um carro novo, uma casa boa, condições de viajar com a família, ter as contas em dias, dentre outros, são desejos que precisam ser saciados.

O grande problema é que nós não estamos preparados para os momentos de escassez e muitas vezes precisamos nos desfazer de bens para enquadrar o orçamento pessoal e/ou familiar as novas realidades.

Um grande erro que alguns comentem é viver num nível igual ou acima das suas possibilidades e isso é fruto da falta de educação financeira e por esse motivo, jogamos muito do nosso dinheiro no ralo e na maioria das vezes, nem percebemos.

Um exemplo simples é o financiamento de um carro. Ficamos felizes em ter um carro novo na garagem, mas não analisamos que ao final do financiamento iremos pagar por dois carros, sem considerar as manutenções previstas pelo fabricante, que são caríssimas.

  • Procure viver em função das suas possibilidades e não em função dos outros

educação financeira você

Se você já leu algo a respeito de educação financeira, já percebeu que essa disciplina deixa claro que precisamos viver nossa vida em função de nossas possibilidades, porém a maioria das pessoas vivem em função do que os outros dizem ou pensam.

Viver por status vem sendo um dos maiores vilões do orçamento familiar e não é raro encontrar pessoas que moram num casebre, mas tem um carrão para rodar a cidade. Outros estão atolados em dívidas, mas não perdem a pose!

Por isso, procure viver sua vida dentro das suas possibilidades, sem considerar o que o próximo vai pensar sobre isso. Além disso, a pior vergonha não é viver dentro do seu padrão, mas viver num padrão acima da realidade e perder tudo!

  • Compartilhe com sua família como anda a situação financeira, pois a unidade poderá mudar sua história financeira

Segundo pesquisa feita pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) mais de 1/3 dos brasileiros não tem conhecimento a respeito dos ganhos do cônjuge e apenas 31% dos casais conversam sobre controle financeiro regularmente.

Ter um diálogo regularmente com o cônjuge sobre finanças é crucial para que a vida financeira do casal possa andar sempre no azul, além de estabelecer metas e objetivos a serem alcançado no médio e longo prazo.

A grande importância de envolver todos da sua casa nos assuntos financeiros é que eles vão se conscientizar sobre o cenário financeiro atual e irão, de alguma forma, ajudar a manter ou regularizar a situação financeira da família, pois entendem que fazem parte do problema e são responsáveis pela solução.

Dar limites de gastos para o cônjuge, controlar de forma efetiva o custo do celular dos filhos, procurar reduzir custos com combustível e alimentação são atitudes que vão surgir na mesa de reunião com a família.

A unidade de propósito é a melhor forma de manter a saúde financeira em níveis desejáveis e além disso, ensinar aos filhos como se deve usar o dinheiro de forma sábia e diligente.

Por isso, divulgue com sua família os gastos mensais, discuta o planejamento financeiro familiar, determine metas financeiras alcançáveis e assim, a saúde financeira de sua família vai desfrutar de excelente gozo, principalmente nos momentos mais críticos.

  • Como a diferença entre preço e valor pode evitar que você desperdice seu dinheiro

Infelizmente, poucas pessoas sabem qual é a diferença entre preço e valor. Ter conhecimento dessa diferença é crucial para que sua saúde financeira possa se manter sempre no nível azul.

É claro, que na maioria das vezes compramos produtos visualizando apenas o preço, sem identificar que valor que esse produto pode promover. Você nunca se perguntou porque algumas pessoas pagam mais de R$ 1.000,00 numa garrafa de frisante?

Poucas pessoas sabem disso, não é o preço que determina se você vai comprar um produto ou não, mas o valor que ele promover para você, ou seja, os benefícios que o produto vai promover em sua vida.

Por isso, adquira produtos que promovam algum benefício para você!

  • Aposentadoria, o passo mais importante que você dar hoje, mas só colhe num futuro distante

Infelizmente, no Brasil não somos educados a poupar dinheiro para a nossa aposentadoria. Vivemos cada dia como se fosse o último e quanto menos esperamos, chegamos a uma idade em que o descanso é necessário.

Outro quesito muito interessante e que somos reféns, são as decisões políticas que são tomadas quando o assunto é a aposentadoria. Infelizmente, nossos políticos não pensam no bem estar do povo, mas em sacrificá-lo em benefício próprio.

Além disso, o governo não cria propagandas na televisão e as escolas, faculdades e os nossos pais não nos educa sobre o momento da nossa aposentadoria. A maioria dos brasileiros, infelizmente, ficam refém dos patrões pagarem o INSS, que vem sendo a pior opção para se aposentar.

Conforme dito anteriormente, o governo não quer saber do povo e a prova disso é que a previdência do Brasil está sucateada e além disso, pagamos a aposentadoria de outra pessoa, ao invés de estarmos investindo na nossa aposentadoria.

Devido a falta de conhecimento, nos tornamos refém de uma vida medíocre e cheia de limitações, pois a aposentadoria paga pelo governo é insuficiente, em algumas situações, e com o passar do tempo, o poder de comprar se reduz muito devido a inflação.

A melhor forma de se aposentar confortavelmente é aprendendo a usar os juros compostos ao seu favor. Anteriormente, comentei sobre investir R$ 1.000,00 em alguma aplicação regida pelos juros compostos.

Talvez você não tenha esse valor, mas você consegue colocar R$ 300,00 por mês numa aplicação? Veja o que acontece ao investir essa quantia, a uma taxa de 1% ao mês durante 30 anos.

  • Aplicação Inicial: R$ 300,00
  • Soma da aplicação: R$ 108.300,00
  • Juros totais: R$ 950.949,98
  • Montante Acumulado: R$ 1.059.249,98

Parece pouco para o tempo de aplicação, mas na verdade é uma montante satisfatório e se aplicado a uma taxa de 1% ao mês, você terá de R$ 10.592,50 por mês.

O teto do INSS atualmente é de R$ 5.189, 82 e o período de contribuição é muito acima dos 30 anos, segundo a reforma da previdência que está em tramite no congresso nacional.

Só depende de você para que sua aposentadoria possa se tornar o melhor momento de sua vida, basta tomas as decisões certas, adquirir bons conhecimentos sobre esse assunto para que a sua terceira idade possa ser divina.

  • A importância de aplicar seu dinheiro

Tenho certeza que você já percebeu que quando sua vida financeira está organizada, as chances dos seus sonhos serem realizados são bem maiores.

A compra de um carro novo, a aquisição de uma casa confortável, possibilidade de viajar em família nas férias, ter uma aposentadoria confortável, são frutos de uma vida financeira equilibrada.

A melhor forma de alcançar tudo isso é investido suas economias para multiplicar seu patrimônio financeiro.

Infelizmente, a maioria das pessoas deixam seu dinheiro parado na conta corrente ou na poupança, sendo essa a pior escolha, pois a inflação reduz o pode de compra, já que a taxa de juros da poupança rende menos que a inflação.

Outro erro que as pessoas comentem é acreditar que poupar dinheiro é uma excelente opção, e é, porém, ao poupar seu dinheiro você não impede que a inflação corroa seu poder de compra.

Investindo parte do seu dinheiro, você o coloca para trabalhar a seu favor, multiplica seu patrimônio financeiro e impedindo que seu poder de compra sera corroído pela inflação.

  • Aposentadoria, o lado negro na vida da maioria dos brasileiros

Talvez o tópico acima não lhe deixe feliz, mas você precisa saber que 1% da população brasileira aposentada consegue manter o padrão de vida após se aposentar, segundo o estudo realizado pelo Banco Bradesco.

Além disso, a população brasileira pensa em se aposentar a partir dos 40 anos, sendo relativamente tarde. Você precisa entender que a aposentadoria não é o fim de sua vida, mas uma nova etapa, onde você poderá desfrutar de excelentes dias com a família, porém se as condições financeiras não são boas, então essa etapa da sua vida será a pior.

Por isso, aprender aplicar parte do seu dinheiro vai permitir que você possa realizar a maioria dos seus sonhos, principalmente, na aposentadoria.

Agora lembre-se, quanto mais cedo iniciar seus investimentos, menores serão os valores a serem aplicados.

  • A conquista da sua independência financeira

Muitas pessoas vivem sua vida dependente do seu trabalho e isso não é errado, mas precisamos aprender a buscar nossa independência financeira, ou seja, ganhar dinheiro todos os meses, mesmo não estando trabalhando.

Parece um paradoxo, mas é possível!

Ao aplicar seu dinheiro, com o passar do tempo os juros compostos vão fazer um excelente trabalho para você, permitindo que você possa sair do seu emprego e viver apenas dos juros do seu dinheiro investido.

Infelizmente, nós brasileiros somos medroso e vivemos mais de 30 anos de nossas vidas dependendo de uma salário medíocre, sem liberdade e na maioria das vezes, perdemos nossa família por causa do emprego.

Quero dizer que alcançar a independência financeira não é um tarefa simples, mas é possível, desde que se tenha disciplina e conhecimento!

  • A melhor forma de empreender no futuro

Uma pesquisa realizada pela Amway Global Entrepreneurship Report concluiu que 82% dos brasileiros deseja ter seu próprio negócio. Uma quantidade expressiva de pessoas que mostram o desejo empreendedor, ou seja, ter seu próprio negócio.

O maior entrave que essas pessoas vão ter é a falta de recursos financeiros para iniciar seu negócio. Apesar dos bancos estarem aptos a emprestarem dinheiro para os novos empresários, o adequado é fugir de dívidas, principalmente, no início do seu projeto.

Ao aplicar seu dinheiro todos os meses, você poderá adquirir recursos financeiros necessários para iniciar e colocar seu negócio na rota do sucesso sem precisar se submeter aos pesados juros dos bancos, dando assim, mais chance do seu negócio se tornar sucesso no médio e longo prazo.

SAIBA 8 BENEFÍCIOS DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA SUA VIDA

educação financeira importante

Quando sabemos conhecemos o benefício de algo, nos motivamos a buscá-lo com vigor e determinação e nesse tópico vou apresentar 08 benefícios que a educação financeira promoverá na sua vida.

  • Melhores escolhas na hora das compras

educação financeira escolha

Quando dedicamos tempo para estudar e analisar nossas contas, percebemos que certos gastos não são bem vindos, pois não promovem os benefícios que esperamos, mesmo nos trazendo um excelente bem estar no momento da compra.

Ao investir na sua educação financeira, você perceberá que as comprar vão ocorrer de forma mais criteriosa, onde o que é supérfluo não terá mais lugar no seu carrinho de compras, promovendo assim um melhor controle financeiro, minimizando despesas desnecessárias e ampliando seu poder de aplicar seu dinheiro.

  • Sem estresse

Outro benefício da educação financeira é permitir viver uma vida sem estresses, pois na maioria das vezes, ficamos muito estressado quando não conseguimos honrar nossos compromissos mensais.

Ao focar na educação financeira, considerando nossa família, será possível ajustar as contas e impedir que elas fujam do controle e assim, seu lar poderá viver dias melhores e divertidos e com menos estresses devido as questões financeiras.

  • Valorização dos bens

Quem investe na educação financeira tem uma grande chance de valorizar seus bens, pois cada um deles não são comprados de forma aleatória, mas analisados detalhadamente, por isso, a aquisição de algum bem ocorre de forma consciente e não por impulso.

Outro ponto muito importante que a educação financeira concebe para as pessoas é a percepção de que os recursos financeiros, se não usados de forma correta, vão acabar ou percebem que o dinheiro tem um valor limitado, ou seja, só é útil para nas áreas que são necessárias.

Tendo essa visão sobre o dinheiro, de que ele é limitado e que pode acabar quando não é bem gerenciado, as pessoas percebem que investir naquilo que promove valor é mais importante, pois promove os benefícios desejados.

  • Auto conhecimento e equilíbrio

É possível perceber que uma pessoa não tem uma boa educação financeira pelo seu trato com o dinheiro. Conheci uma pessoa que trocou de carro 6 vezes num único mês, alegando que os carros não satisfaziam suas necessidades.

Apesar de ser uma pessoa multi milionária, pois é dono de uma empresa renomada na sua cidade, quando assunto é carro, essa pessoa não tem equilíbrio.

Você precisa entender que os bens materiais são parte de nossa vida, mas eles não conseguem preencher todas as nossas necessidades. Comprar um carro vai trazer diversos benefícios, mas não resolve todos os problemas para nós.

Adquirir um carro que supra as nossas necessidades é importante, mas ele não deve ser o centro de nossas atenções, pois com o passar do tempo, nosso cérebro entra num modo chamado psico adaptação, ou seja, não reage mais com a mesma intensidade emocional numa determinada área que é sempre estimulada.

Ou seja, se hoje você tem um Audi em poucos meses o desejo e o prazer por esse carro vai terminar e você não olhará mais para os benefícios que esse carro pode trazer, mas vai correr atrás de uma Mercedes e o ciclo recomeça.

  • Planejamento de médio e longo prazo

educação financeira planejamento

Toda as pessoas que procura a educação financeira sempre reclamam que o dinheiro não dar para nada, quanto mais para poupá-lo visando comprar um carro novo ou fazer uma viagem com a família.

Ao aplicar os fundamentos da educação financeira, você perceberá que o dinheiro que sobra deve ser usado para planejar objetivos e sonhos futuros, permitindo que eles ocorram e assim você possa ter uma vida mais feliz.

  • Aproveitar o momento presente

A vida gira em torno do dinheiro e a maioria das coisas que você deseja ter e fazer requer investimentos financeiros. Ir ao restaurante com sua família, ir ao shopping ver um filme no cinema e etc, são exemplos.

Porém, pessoas que não investem seu tempo para conhecer os fundamentos da educação financeira não desfrutam desses momentos em família, privando-se, pois o dinheiro mal dar para pagar as contas.

  • A melhor forma de se livrar das dívidas

educação financeira dívidas

Quando controlamos nosso dinheiro, todos os meses conseguiremos manter todas as nossas contas em dias. Entretanto, se gastamos nosso dinheiro de forma desenfreada e sem critério, no final do mês não será possível quitar todos os débitos criados.

Ao focar na educação financeira, conseguiremos entender que pagar nossas contas é importante, pois os juros que incidem quando atrasamos uma conta corroem nosso dinheiro, reduzindo o poder de compra e afetando o pagamento de outras contas que temos.

RESUMO E CONSIDERAÇÕES FINAIS

A educação financeira é a melhor forma de você manter seu orçamento familiar e/ou pessoal dentro da sua atual realidade salarial. Desconsiderar os fundamentos da educação financeira poderá lhe colocar numa situação muito ruim no comercio, além dos juros consumir todo seu dinheiro.

Infelizmente, no Brasil, as escolas, faculdades, Governo, televisão não estão preocupados com o nosso bem estar financeiro e prova disso é que não promovem campanhas e nem eventos sobre esse tema, pois querem que as pessoas fiquem dependentes dos bancos.

Apesar desse assunto de extenso, nesse artigo você leu:

  • Conheça 10 passos simples para que a educação financeira faça parte de sua vida e a transforme-a.
  • Saiba 8 benefícios da educação financeira para você.

Se você deseja saber mais sobre educação financeira e assim mudar sua vida pessoal e/ou familiar, no Ebook abaixo explico sobre 11 formas de economizar dinheiro todos os meses. Clique no banner baixo e pegue seu Ebook Grátis.



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.